V Fórum

Impactos Ambientais e Econômicos das Espécies Invasoras

CONHECER E MONITORAR A BIODIVERSIDADE ATRAVÉS DO DNA AMBIENTAL (eDNA)

Evento Online

6 a 9 de dezembro de 2021
09:30 – 12:30

A Biodiversidade é essencial para a manutenção de sistemas naturais saudáveis, em equilíbrio e para assegurar sua resiliência. A maioria das ameaças à diversidade dos sistemas naturais advém de ações humanas como a ocupação e os usos de terras e oceanos, a poluição das atividades industriais e do uso de combustíveis fósseis, a exploração intensa de sistemas e biomas, e a dispersão de espécies invasoras, entre outros.

Durante a ECO-92 foi estabelecido pela ONU (Organização das Nações Unidas) a Convenção sobre Diversidade Biológica (CBD), um dos mais importantes tratados sobre o meio ambiente.Esse pacto das nações defende a diversidade biológica, o uso sustentável da biodiversidade e a repartição justa e equitativa dos benefícios provenientes da utilização dos recursos genéticos – e se refere à biodiversidade em três níveis: ecossistemas, espécies e recursos genéticos.

Hoje, quase 30 anos após o início desse debate, a sociedade humana ainda tem dificuldades para conhecer e monitorar a biodiversidade de forma célere, em todos os seus níveis, tendo em vista o contexto de urgência imposto pela grave crise ambiental que vivemos. Desta forma, todas as ferramentas que possam potencializar e dinamizar esses processos são extremamente bem-vindas. A utilização da Biologia Molecular tem evoluído rapidamente na identificação de espécies através da análise do DNA ambiental (eDNA).

Nesta quinta edição do Fórum de Discussões sobre Espécies Invasoras, vamos debater sobre as várias facetas da utilização do DNA para o conhecimento e monitoramento da biodiversidade, e também sobre as inovações em bioengenharia do DNA.

Entre novembro e dezembro de 2021, em data ainda a ser confirmada, será realizada a quinta edição do Fórum de Discussão “Impactos Econômicos e Ambientais de Espécies Invasoras” realizado pelo Centro de Bioengenharia de Espécies Invasoras (CBEIH). Nesta edição, o tema do evento será: Conhecer e Monitorar a Biodiversidade através do DNA Ambiental (eDNA).

Programação

Atenção: a programação pode sofrer alterações.

06/12/21 (segunda-feira)

09:30 – 09:40 Abertura e Boas-vindas Prof. Paulo Santos Assis
(Coordenador GT-604)
09:40 – 09:50 Boas-vindas e Palavra da Cemig Rafael Augusto Fiorine
(Gerente de Gestão Ambiental Cemig) 

Donorvan Rodrigo Fagundes
(Gerente DEA/IT Cemig)

09:50 – 10:00 Palavra da Secretária de Meio Ambiente de MG Dra. Marilia Carvalho de Melo

(Secretária de Meio Ambiente de MG)

10:00 – 10:30 DNA ambiental: da detecção de espécies raras ao monitoramento da biodiversidade global Dra. Alice Valentini (SPYGEN)
10:30 – 11:00 Aspectos práticos sobre eDNA Prof. Evanguedes Kalapothakis (UFMG)
11:00 – 12:30 Mesa Redonda I Dra. Alice Valentini
Prof. Evanguedes Kalapothakis
Mediação: Dr. Newton Barbosa

 

07/12/21 (terça-feira)

10:00 – 10:30 O monitoramento ambiental através do eDNA na Amazônia Prof. Guilherme Oliveira (ITV / Vale)
10:30 – 11:00 Ferramentas moleculares para detecção imediata de Limnoperna fortunei e investigações filogenéticas de Cordylophora caspia Me. Rayan Silva de Paula (CBEIH)
11:00 – 12:30 Mesa Redonda II Prof. Guilherme Oliveira
Me. Rayan de Paula
Mediação: Dr. Newton Barbosa

08/12/21 (quarta-feira)

10:00 – 10:30 Escalabilidade, eficiência e precisão: chaves para detecção e gerenciamento de espécies invasoras usando eDNA Dr. Vere Ross-Gillespie (NatureMetrics)
Dra. Natalie Swan (NatureMetrics)
10:30 – 11:00 Desvendando a diversidade de microrganismos a partir de amostras ambientais e industriais Dra. Mariana de Paula Reis (CBEIH)
11:00 – 12:30 Mesa Redonda III Dr. Vere Ross-Gillespie
Dra. Mariana de Paula Reis
Mediação: Dr. Newton Barbosa

09/12/21 (quinta-feira)

10:00 – 10:10 Boas-vindas Prof. Paulo Santos Assis
(Coordenador GT-604)
10:10 – 10:20 Boas-vindas e Palavra da Cemig Rafael Augusto Fiorine
(Gerente de Gestão Ambiental Cemig) 

Donorvan Rodrigo Fagundes
(Gerente DEA/IT Cemig)

10:20 – 10:30 Palavra da Secretária de Meio Ambiente de MG Dra. Marilia Carvalho de Melo

(Secretária de Meio Ambiente de MG)

10:30 – 11:00 Projeto GT 604: Resultados de P&D em 2021 Prof. Antonio Valadão Cardoso
11:00 – 11:10 eDNA: uma nova ferramenta para monitoramento ambiental Dr. Newton Ulhôa Barbosa
11:10 – 11:20 Respostas funcionais de predadores nativos na presença do invasor mexilhão-dourado Dr. Daniel de Melo Rosa
11:20 – 11:30 Impactos na qualidade das águas de reservatórios invadidos pelo mexilhao-dourado. Estratégias de monitoramento com o auxílio de satélites e medições in situ Dr. Fabiano Alcísio e Silva
11:30 – 11:40 O laboratório de cultivo como apoio às linhas de pesquisa do CBEIH Nubia Resende de Oliveira
11:40 – 11:50 Divulgação Científica e Tecnologias Sociais no CBEIH-GT604 Me. Arthur Corrêa
11:50 – 12:00 Encerramento Prof. Antonio Valadão Cardoso

Palestrantes

Dra. Alice Valentini (Spygen)

Alice Valentini é doutora em Ecologia Molecular (Grenoble Alpes University, França e Tuscia University, Itália) e é co-fundadora, pesquisadora e responsável pela implantação e acompanhamento de projetos de pesquisa na Spygen. Desde 2005, tem contribuído para o desenvolvimento de abordagens de monitoramento da biodiversidade com base em eDNA. Valentini é especialista no uso de novas tecnologias de sequenciamento e ferramentas de bioinformática e possui mais de 70 artigos publicados em periódicos científicos.

Prof. Evanguedes Kalapothakis (UFMG)

Evanguedes Kalapothakis é biólogo e doutor em Biologia Molecular e Celular. É professor titular no Departamento de Biologia Geral da UFMG e pesquisador do CBEIH. Na UFMG, atua como subcoordenador do programa de Pós Graduação em Genética e está vinculado aos Programas de Pós Graduação em Fisiologia e Farmacologia, Mestrado Profissional em Inovação Biofarmacêutica e no Programa de Pós Graduação em Genética. É editor da Revista Toxicon e revisor de diversos periódicos nacionais e internacionais. Possui experiência nas áreas de Farmacologia, Biologia Molecular e Biotecnologia, com ênfase em caracterização de moléculas de interesse farmacológico, marcadores moleculares, genética de populações, isolamento e expressão de proteínas recombinantes, e biologia forense.

Prof. Guilherme Oliveira (Instituto de Tecnologia Vale – ITV)

Guilherme Oliveira é biólogo, formado pela UFMG e doutor pela Texas A&M University. Foi Pesquisador Titular da Fundação Oswaldo Cruz, Instituto René Rachou e é pesquisador 1D do CNPq. Desenvolve sua pesquisa na área de estudos genômicos estruturais e funcionais de eucariotos e procariotas. Coordenou projetos de pesquisa financiados por agências nacionais, americanas e Européias. Organizou diversos eventos e workshops nas áreas de pesquisa em esquistossomose, bioinformática, genômica e metagenômica. Atua como docente dos cursos de pós-graduação em Ciências da Saúde (FIOCRUZ), Genética e Bioinformática (UFMG) e Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais (ITV-DS). É do corpo editorial de revistas nacionais e internacionais e atua como revisor de revistas de alto impacto e agências de fomento nacionais e internacionais. Foi Presidente da Associação Brasileira de Bioinformática e Biologia Computacional e membro do corpo diretor da International Society for Computational Biology. Atualmente é Pesquisador Titular da linha de pesquisa “Genômica Ambiental”, no Instituto de Tecnologia Vale (ITV) Desenvolvimento Sustentável.

Dr. Vere Ross-Gillespie (NatureMetrics)

Vere Ross-Gillespie é doutor em Zoologia pela Universidade da Cidade do Cabo (África do Sul), com trabalho focado em traços de história de vida de insetos aquáticos em relação a alterações térmicas e hidrológicas, bem como mudanças climáticas e fatores genéticos. O Dr. Ross-Gillespie tem experiência na gestão de projetos em áreas como avaliações de impacto, qualidade da água, biomonitoramento, biorremediação, auditorias ambientais, fluxos ambientais (efluxos), avaliação e restauração de rios, entre outros. Ele é membro da Sociedade de Cientistas Aquáticos da África Austral (SASAqS), um Cientista Natural Profissional registrado em Ciências Ecológicas na África do Sul e é um Praticante SASS5 credenciado por 10 anos. Na NatureMetrics, Vere trabalha uma variedade de setores, como agricultura, mineração, conservação, água e meio ambiente, dede ONGs a entidades públicas e privadas com o intuito de introduzir métodos baseados em DNA a fim de melhorar as práticas de gestão ambiental, informar a biodiversidade monitorar, auxiliar a pesquisa e, finalmente, melhorar as medidas de conservação.

Dra. Natalie Swan (NatureMetrics)

Natalie Swan tem um duplo doutorado em Ciências Ambientais pela Lancaster University (Reino Unido) e pela Universidade Federal de Lavras (Brasil). A Dra. Swan tem mais de uma década de experiência em pesquisa de conservação, monitoramento da biodiversidade e gestão de projetos, com um foco na América Latina. Como bióloga e líder da equipe de expedição da FundAmazonia, colaborou com organizações e instituições como Operation Wallacea, DICE e Earthwatch e auxiliou em cursos de campo no Brasil com a Lancaster University e conduziu viagens educacionais voltadas para a conservação ao Peru com Flooglebinder (a Empresa de aventura UK BCorp). Como Coordenadora de Pesquisa da Crees Foundation, Natalie gerenciou uma equipe de biólogos e voluntários em uma estação de pesquisa educacional de campo, realizando o monitoramento de longo prazo da biodiversidade em uma floresta em regeneração na região de Madre de Dios, no Peru. De volta ao Reino Unido, ela também trabalhou como ecologista marinha para avaliação de impacto ambiental na indústria nuclear, com foco no impacto de peixes em estruturas de entrada de água de resfriamento.

Dra. Mariana de Paula Reis (CBEIH)

Mariana de Paula Reis é graduada em Ciências Biológicas com ênfase em Biotecnologia e Meio Ambiente pelo Centro Universitário UNA em 2009. Se tornou mestre e doutora em Genética pelo Programa de pós-graduação em genética da Universidade Federal de Minas Gerais (2012-2015). Parte do seu doutorado foi realizado no Departamento de Ecologia Microbiana do Netherlands Institute of Ecology em Wageningen, Holanda (2014). Atualmente é pesquisadora do Centro de Bioengenharia de Espécies Invasoras de Hidrelétricas (CBEIH), e pós-doc em Biologia Celular pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Suas pesquisas abordam principalmente: Microbiologia ambiental, metagenômica, diversidade de procariotos, rRNA 16S, ambientes impactados por mineração e resistência microbiana aos antimicrobianos.

Me. Rayan Silva de Paula (CBEIH)

Doutorado em andamento (2018-atual) pelo Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais (ICB-UFMG). Mestre (2018) em Biologia Celular pela UFMG. Licenciado (2014) e Bacharel (2014) em Ciências Biológicas pela UFMG. Iniciação Científica no Laboratório de Biologia Oral e do Desenvolvimento do Departamento de Morfologia do ICB-UFMG, com ênfase no programa molecular do desenvolvimento da musculatura esquelética em vertebrados. Atualmente, desenvolve projetos de pesquisa no Centro de Bioengenharia de Espécies Invasoras de Hidrelétricas (CBEIH), com enfoque na criação e utilização de ferramentas moleculares para prevenção, detecção, controle e combate de espécies invasoras. Possui experiência nas áreas de Biologia Molecular, Biologia do Desenvolvimento, Embriologia e Ecologia Molecular.

Organização

Comitê Científico

Coordenação:
Antônio Valadão Cardoso

Membros:
Newton Pimentel de Ulhôa Barbosa
Gabriela Rabelo Andrade

Comitê Organizador

Coordenação:
Gabriela Rabelo Andrade

Membros:
Amanda Maria Siqueira Moreira
Antônio Valadão Cardoso
Clara Carvalho e Souza
Davi Vilaça Carvalho
Newton Pimentel de Ulhôa Barbosa
Paulo Ricardo da Silva Camargo
Verônica Aparecida Martins do Rosário

Secretaria:
Kelly Carneiro de Souza Lima